Vencedor do Prémio "Melhor Tese de Doutoramento em STI - 2019"

O Prémio “Melhor Tese de Doutoramento Ibérico em Sistemas e Tecnologias de Informação” é atribuído anualmente pela AISTI ao melhor trabalho de Tese de Doutoramento, elaborado no âmbito das áreas científicas dos Sistemas e Tecnologias de Informação, com vista a estimular a inovação científica e o rigor do trabalho de investigação, bem como proceder à divulgação de trabalhos científicos de elevada qualidade.

Na edição de 2019 foram recebidas 14 candidaturas, sendo 6 de Portugal e 8 de Espanha, tendo sido selecionadas 3 para a fase final, das quais foi selecionada a tese vencedora.

Saiu vencedor Borja Bordel Sánchez, com a Tese “Contribution to heterogeneous service provision and flexible process execution in humanized Cyber-Physical Systems”, atualmente professor e investigador da Universidade Politécnica de Madrid.

A tese foi defendida em setembro de 2018 na Escola Técnica Superior de Engenheiros de Telecomunicações da Universdade Politécnica de Madrid, tendo sido realizada sob orientação científica do Professor Doutor Tomás Robles Valladares e do Professor Doutor Ramón Alcarria Garrido, ambos da Universidade de Politécnica de Madrid.

Do trabalho de doutoramento de Borja Bordel Sánchez resultaram também várias outras publicações científicas, tanto em importantes conferências internacionais como em muitas revistas de elevado fator de impacto.

A cerimónia de entrega do prémio ocorrerá em sessão solene da CISTI'2020 - 15ª Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação (http://www.cisti.eu/), a ser realizada em Sevilha, Espanha, entre 24 e 27 de junho de 2020.

A CISTI é uma conferência cujos artigos são publicados na Biblioteca Digital IEEE Xplore, sendo indexados nas bases de dados ISI, Scopus, EI-Compendex, Google Scholar, etc. E a CISTI é uma conferência com H5-Index = 16 (Ranking do Google Scholar).